quinta-feira, janeiro 26, 2006

Onde estava a minha cabeça?







Há muitos anos, numa época mais inocente, Artur Fujita realmente pensou em fazer quadrinhos sérios. Não se sabe se foi o tempo que passou ou alguém simplesmente lhe deu uma bordoada na cabeça pra botar juízo nela, mas ele agradece de todo o coração! Sinceramente!!!

Na época em que eu ainda era aluno do Cariello (lá se vão vários anos), resolvi participar de um fanzine com a minha turma de quadrinhos. Essas três páginas foram feitas com esse propósito. Chegamos a imprimir alguns exemplares se não me engano. Se alguém achar um desses fanzines por aí, por favor queime o mais rápido possível.

Para o bem da saúde mental de todos (principalmente a minha), tirei o texto dos balões e recordatórios. Tenho certeza de que o mundo me agradece por isso. Se por acaso vocês tiverem curiosidade em saber até que nível chegava a pretensão e tosquice dessa história, basta olhar a última página na parte inferior à direita. Sério, nenhuma história que termina com um "continua" feito daquele jeito merece ver a luz do dia!!!

10 comentários:

Bruno Xavier disse...

Ahh seu Fugita! Nem está taum ruim assim! ^_^
Ao menos vc já passou por essa fase! Veja pelo lado bom! ~_^

Anônimo disse...

Fujita, seu traço aí tá muito bonito, cara!! Cara, posta mais esboços e layouts seus!! São bons pra caralho!!!
Vamos combinar de não usarmos mais o "embalão", tudo bem??
isso vai acabar pegando e a coisa vai ficar feia!! Eu fico nervoso, cara... já viu um mineiro nervoso?? Dá medo!!!!
haha, bração, Fujita!!!

Anônimo disse...

eu lembro disso!!!
sem texto fica bonita! e legível!
um achado!

Anônimo disse...

Hahahah... Da hora Fujis, é sempre bom ver desenhos velhos. Dos outros é claro. " Pimenta nos olhos dos outros é refresco" hahaha mto bom.
Abraço.

Anônimo disse...

mah num tem texto??????

fuji tem um cocozinho novo no meu fotolog, visita lá...

Anônimo disse...

putz cara muito bons os teus trabalhos, mesmo os ruins(heheheheheehe)...agora confesso q fiquei com pena do hantaro...
abraço...fred

Anônimo disse...

putz cara muito bons os teus trabalhos, mesmo os ruins(heheheheheehe)...agora confesso q fiquei com pena do hantaro...
abraço...fred

Alexandre Maki disse...

Mesmo assim eu acho que tá bacana, Fujita. Apenas sinto que falta... "alma". Dá a impressão de que você estava se forçando a fazer algo que não é realmente você.

Coisas passadas ficam no passado. Mas foi interessante ver isso. :D

Anônimo disse...

engraçado é que sem o texto não parece uma história séria... XD
Bjo, lindo!

Weberson Santiago disse...

Creeeeeeeeedo, que bonito. Me lembro muito bem dessa história e se alguém quizer eu conto com o maior prazer o que tinha nos balões e recordatórios... hehehe!! Esse fanzine era legal, Fujita. Tinha uma porrada de gente boa partipando não é? Tinha o Rafael Coutinho, Andréa Robelli, Billy e por aí vai. Bacana!